Empresa do setor agrícola está captando recursos para expansão dos negócios

Empresa do setor agrícola está captando recursos para expansão dos negócios

Publicado por: Luciana Abreu Publicado: 21/10/2021 Visitas: 346 Comentários: 0

Empresa do setor agrícola está captando recursos para expansão dos negócios

Tecgraf, pioneira no desenvolvimento de software de planejamento agrícola, participa de rodada e espera captar R$ 4.200.000,00

 

Campinas, 21 de Outubro - A Tecgraf, empresa que desenvolveu o primeiro software de planejamento agrícola, espera arrecadar R$ 4.200.000,00 em investimentos. O valor vai ser usado quase que totalmente na expansão e escalada da empresa. Para isso, a Tecgraf vai participar da sua primeira rodada de captação que vai ser viabilizada pela Organismo - plataforma de oferta pública de investimentos. A rodada de captação já está aberta.

A Tecgraf é uma startup do setor do agronegócio, que também atua como revenda da Autodesk - software de tecnologia e desenho. A empresa vem participando ativamente da mecanização da agricultura, principalmente em propriedades de cana-de-açúcar no interior do estado de São Paulo.

Para atender a pedidos recorrentes de produtores e clientes, a Tecgraf desenvolveu, em 2012, um software que auxilia os empresários do setor no planejamento de todas as atividades agrícolas, esse software está dentro do conceito de agricultura de precisão. Batizado de AgroCAD, o programa permite o planejamento no escritório das atividades realizadas no campo, além de melhorar a área de plantio e reduzir os custos com máquinas e combustível e a correta aplicação dos insumos.

O AgroCAD simula, em um ambiente computacional, a situação do campo. Ele projeta o que é encontrado na área do plantio. Essas informações são enviadas para as máquinas, orientadas por GPS de alta precisão, que realizam o trabalho mais rápido, economizando tempo e com uma qualidade muito superior do que aconteceria se o projeto fosse feito de forma intuitiva.

O software desenvolvido aproveita o recurso técnico do piloto automático - que já está disponível em várias máquinas - e oferece as informações necessárias para que tudo seja realizado de forma otimizada a partir de dados analíticos. O AgroCAD também recebe as informações dos resultados obtidos para que possa ser feito um comparativo do que foi planejado com o que foi realizado.

 

Como funciona

O produtor capta, a partir de equipamentos tecnológicos, as informações sobre o terreno onde o plantio vai ser feito. Esses dados são descarregados no AgroCAD, e a partir daí, os técnicos conseguem construir o projeto de plantio que será realizado no campo. As máquinas por sua vez, recebem as informações do projeto que foi construído no AgroCAD e executam exatamente o que foi planejado, com uma incrível precisão de 2,5 cm. Essas máquinas que executam o planejamento, contam com o piloto automático, ou seja, são guiadas sozinhas, sem intervenção humana, possibilitando assim que o trabalho seja feito com mais precisão e de forma mais assertiva. O software conversa com o sistema das principais marcas agrícolas como John Deere, Trimble, PLA, Case, Valtra, Massey Ferguson, New Holland Agriculture e Topcon.

O modelo de negócios do AgroCAD é de licença, com aluguel anual, que oferece programas diferenciados para pequenos, médios e grandes produtores. Entre os principais clientes que já utilizam as soluções tecnológicas desenvolvidas pela a Tecgraf estão: Bunge, Grupo Bom Futuro, GGF, Usina Vale, Cocal, Amaggi, Alta Mogiana, Suzano, Biosev e John Deere. A empresa já está presente em mais de 13 países, espalhados pelos 5 continentes. Até o momento, o Agrocad conta  com mais de 600 licenças distribuídas.

É importante ressaltar que os softwares desenvolvidos pela Tecgraf também são utilizados como referência em importantes universidades como Unesp (Jaboticabal, SP), UFSM (Santa Maria, RS), UPF (Passo Fundo, RS), FAZU (Uberaba, MG) , UAT (Tamaulipas, México).

 

Como é feita a captação

A Tecgraf - que tem faturamento esperado de R$ 9 milhões somente para 2021 - pretende captar R$ 4.200.000,00 que serão investidos em Tecnologia, Comercial, Marketing e Suporte. A captação é na modalidade de equity crowdfunding viabilizada pela plataforma da Organismo Brasil. Os investidores recebem uma participação da empresa, proporcional ao valor investido. Quer saber como funciona? Acesse o nosso blog e saiba mais sobre esse investimento.

Tags: #organismobrasil #investimento #startups #investimentoemstartups #equity #equitycrowdfunding #crowdfunding # investiremstartups #melhorinvestimento #ondeinvestir #comoinvestir #financiamentocoletivo

Produtos relacionados

Posts relacionados

Comentários

Escreva o comentário

Veja todas Últimos Posts

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Regras Gerais.